Aleitamento materno: Produção de leite

Quando se amamenta, a mulher pode passar por períodos de aumento da produção de leite ou até queda. Estes fatores acontecem devido aos mecanismos de produção de leite, que são influenciados pela pega correta, sucção e anatomia da boca do bebê, psicológico, alimentação e hidratação da mãe. A produção de leite é um mecanismo complexo, mediada por hormônios, e os principais responsáveis são a prolactina (produz) e ocitocina (ejeta).

Portanto, é possível que você mantenha ou até aumenta a sua produção de leite. E para isso você precisa:

  • Manter-se tranquila. O estresse, insegurança, ansiedade influência na produção de leite materno. O estresse produz adrenalina, que bloqueia a prolactina e a ocitocina.
  • Alimentar-se e hidratar-se. Tudo que a mãe come influência no leite materno, e para uma boa produção de leite, é necessário uma boa alimentação. Além disso, a água é essencial, sendo o mínimo recomendado de 2 litros diários, mas é necessário para uma boa produção ao menos 4 litros.
  • Observe a pega e sucção do bebê. Uma pega incorreta prejudica a sucção, e por sua vez uma sucção insuficiente impossibilita o esvaziamento completo das mamas. E para que você entenda, a produção de leite é baseado na oferta e procura – isso mesmo, quando mais o bebê mamar, mais será produzido, para que se produza mais leite é necessário esvaziar completamente o seio.
  • Ordenha de leite. As vezes seu bebê não consegue esvaziar toda a mama, e para que você mantenha uma boa produção de leite, você necessite ordenhar. Pois, se “sobra” leite após as mamadas, o organismo entende que está excedendo, e diminui a produção. Portando, ordenhe após as mamadas, e se seu bebê mama e intervalos longos, ondenhe entre as mamadas também (isso é claro, se você quiser aumentar a produção).
  • Anatomia da boca do bebê. Bebês que possuem lábio leporino por exemplo, dificilmente terão uma boa sucção. É necessário auxilio de profissionais especializados no assunto para que o aleitamento materno seja viável. Outras alterações anatômicas também podem afetar amamentação.
  • Descanse e durma bem (ou o melhor que puder). Como falei anteriormente a produção de leite é mediada por hormônios, e o cansaço ou ficar sem dormir, altera todo nosso estado hormonal, o que prejudicará a amamentação.


Uma mãe que se alimenta e hidrata bem, descansa, sente segurança no processo, e amamenta em livre demanda, dificilmente terá uma produção de leite insuficiente. É por isso que sempre digo que o aleitamento materno demanda apoio das pessoas a nossa volta.

Espero que eu possa ajudá-las com essas informações.

Enfª Lirian Tairy
Beijo

_________

Siga no Instagram e Facebook @maternidadeintuitiva

Visite o blog para mais textos

Maternidadeintuitiva.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s